Transoeste


Na última quarta-feira, dia 06/06/2012, foi inaugurada a Transoeste – obra do sistema viário na cidade do Rio de Janeiro que liga Santa Cruz à Barra da Tijuca, através do recém concluído túnel da Grota Funda (futuro Túnel José Alencar, uma homenagem ao vice-presidente morto no ano passado).

No primeiro momento, a Transoeste ainda passará por um período de testes, no qual os ônibus não circularão no período de rush (os 11 ônibus articulados circularão de 10:00h às 15:00h), e irão parar em 9 estações das 35 previstas para a primeira fase do projeto (1ª fase será totalmente concluída entre os dias 21 a 23 de junho).

Até agosto, a prefeitura espera que todo o sistema esteja em operação, quando circularão 91 ônibus articulados entre Santa Cruz e o Terminal Alvorada, com um total de 59 estações e dois terminais rodoviários.

Estima-se também que o tempo de viagem será de 50 minutos de uma ponta à outra (metade do tempo que se leva hoje). Cada veículo terá a capacidade para 140 pessoas, e a frequencia será de 1 ônibus a cada 2,5 a 12 minutos. Haverá ônibus expressos, com menor número de paradas, e os paradores, com maior número de estações. O sistema aceitará o Bilhete Único, e a tarifa custará R$2,75.

Tal obra contribui muito para o desenvolvimento da cidade do Rio, palco de grandes eventos que seguem no calendário. A modernização contribui ainda para o crescimento da indústria como um todo e do setor imobiliário, uma vez que o tempo de deslocamento das pessoas diminui e as opções de localização da moradia aumentam.

O Rio de Janeiro passa a ser um lugar ainda melhor para morar e investir!

Anúncios

De que forma os BRTs vão impactar no Rio de Janeiro?


A Transoeste ainda nem está funcionando e seu impacto já pode ser sentido na vizinhança – o valor dos imóveis não para de subir. Todos querem estar próximo ao corredor expresso que vai facilitar (e muito!) a vida de quem circula por ali. É a famosa lei da oferta e procura: quando todos querem, o preço sobe!

Entenda como vai ser essa implantação na reportagem do RJTV exibida em 09 de maio de 2012:

A ADEMI (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário do Rio de Janeiro) divulgou essa semana uma matéria que fala justamente sobre isso: “A dica de especialistas para moradores de bairros cortados pelo BRT é: só venda o imóvel se for para comprar outro de imediato. Se guardar o dinheiro, haverá prejuízo, pois a alta vai continuar.” Com a certeza da valorização, investir nessa região também é excelente opção.

Outra região que será fortemente influenciada pelo BRT é o bairro Cidade Jardim.  A região fica próxima da linha e já mostra fortes sinais desse interesse do público. Investir em regiões em desenvolvimento mostra-se uma ótima oportunidade no setor. E, como já vimos nas reportagens, ao que tudo indica o retorno será garantido!

(Perspectiva ilustrada – bairro Cidade Jardim com parque de 110.000 m²)

Em tempo: foi divulgado essa semana que a Avenida principal do Cidade Jardim já foi “batizada”. Ela se chamará Avenida Vice-Presidente José Alencar. Esse já pode ser o seu endereço!!