Um visto pelo imóvel?!

Com milhares de imóveis vazios por conta da crise econômica que assola o continente, três países europeus resolveram adotar uma medida inusitada para movimentar seus mercados: Portugal, Espanha e Irlanda estão oferecendo vistos de residência para estrangeiros que adquirirem propriedades em seus territórios.

Essa notícia inusitada saiu hoje no site Terra. Veja mais detalhes:
Portugal é o país mais interessado em investidores brasileiros. Tanto que vai realizar um “feirão” de imóveis no Rio de Janeiro entre os dias 7 e 9 de dezembro. O evento, batizado de 1ª Mostra do Imobiliário de Portugal, vai acontecer no Palácio São Clemente, sede do Consulado de Portugal na capital fluminense.

Serão oferecidos aproximadamente mil imóveis, com valores entre 150 mil euros e 20 milhões de euros. E quem fizer um investimento imobiliário acima de 500 mil euros vai receber um visto de residência e passaporte europeu, que dá direito a livre circulação nos países da União Europeia.

Segundo Arnaldo Grossman, presidente da Consultan (imobiliária portuguesa que irá intermediar as vendas), serão oferecidos imóveis residenciais, como casas e apartamentos em condomínios, mansões, palácios, casas em campos de golf e terrenos para construção.

Além do benefício do visto, também vamos oferecer facilidade de pagamentos com juros atraentes. No evento, estará presente o banco estatal Caixa Geral, que irá promover financiamentos com juros de 5,5% ao ano.

Os imóveis serão apresentados por meio de fotos, e, em alguns casos, de vídeos. Para garantir a segurança dos negócios, também estarão presentes na feira representantes do Instituto dos Registros e Notariado de Portugal, que vão emitir a matrícula dos imóveis para demonstrar que o imóvel não tem nenhum tipo de pendência na justiça.

A expectativa é que o evento movimente 50 milhões de euros nos três dias.

No ano passado, o índice americano S&P/Case Shiller apontou que o mercado imobiliário português é o oitavo pior do mundo.

Espanha

Outro país que está pensando em seguir o exemplo português é a Espanha. O governo local tem discutido a possibilidade de conceder vistos de residência para quem adquirir um imóvel com valor acima de 160 mil euros.

Irlanda

Para incentivar a venda de imóveis na Irlanda, no início do ano o governo lançou um programa que facilita a obtenção de visto de residência, uma delas é investindo no mercado imobiliário pelo menos 1 milhão de euros. A concessão definitiva do visto não está ligada somente ao investimento. Uma comissão é que irá definir se o visto será concedido ao solicitante.

Não sei não. Eu não troco a segurança do mercado e da legislação brasileira por um visto que não teria utilidade no meu dia a dia. E você?

Fonte: Terra

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s